Não é fácil falar bem, nem escrever bem. Leia opinião do professor Josa – Portal O Farol

Não é fácil falar bem, nem escrever bem. Leia opinião do professor Josa

A língua portuguesa tem sua nuances e até suas pegadinhas. Não é fácil falar bem, usar o português padrão. O próprio vício de linguagem, usado diariamente nos faz sempre usar o português coloquial, por isso que digo: falar bem não é fácil. Para falar bem é preciso não só conhecer a gramática. Conhecê-la é importante, pois nela estão as regras do falar bem. Todavia, para se falar bem, faz-se necessário ler bem e ler bem significa não apenas passear com os olhos sobre as letras, mas decodificá-las. Vamos a um exemplo. Quando usamos a palavra REÚNEM em um texto ou contexto determinado, o que essa palavra significa? muitos a usam e nem sabem, mas ela vem do verbo reunir. O mesmo que: casam, associam, agregam, grupam, ajuntam, agrupam, resumem, coligem, apinham e quer dizer tornar a unir o que estava esparso ou separado; juntar, ligar, justapor: reunir as duas pontas de um cordel. Agrupar, agregar, congregar, conglomerar: reunir todo o povo numa só luta.Conciliar, harmonizar e até reunir amantes separados. Veja a amplitude dessa palavra REÚNEM, algo que pouca gente sabe quando a expressam. Veja que seu significado pode nos propor sentidos diferentes e levar a entendimentos diversos. Portanto, a língua portuguesa não é fácil usá-la corretamente, todos podemos incorrer em erros. Fiquemos sempre atentos. Um conselho: antes de falar, escrever…consulte, estude, pesquise e sobretudo leia muito. Quem não ler, é como quem não ver.

 

Prof. Josa, Professor, Jornalista, Radialista e Multimídia.

 

Categorias: Cidades,Colunistas,Destaque,Entretenimento,Professor Josa