CAPS-I Mari, promove Campanha Setembro Amarelo em valorização da vida – Portal O Farol

CAPS-I Mari, promove Campanha Setembro Amarelo em valorização da vida

A ação foi  planejada por toda equipe da unidade, e foi realizada para os usuários, seus familiares e/ou responsáveis. Contou com  apresentações musicais e teatrais, com participação da equipe e dos usuários, e palestra psicoeducativa com o tema: “prevenção ao suicídio e valorização da vida” , ministrada pela médica psiquiatra da unidade ,Dra Luana Polari.

Em momento de muita emoção, os usuários  expuseram suas experiências de vida antes, e após o tratamento e acompanhamento do CAPS, sensibilizando  a maioria dos presentes

Após as apresentações, todos participaram de um momento simbólico na área externa do CAPS, soltando balões amarelos que representavam, naquele momento, suas dores e sofrimentos,

Ao soltarem os balões, liberando toda carga  emocional, juntos, falaram em voz alta: “NÃO AO SUICÍDIO E SIM À VIDA!”, finalizando com a música de Gonzaguinha “O que é , o que é? (“Viver e não ter a vergonha de ser feliz “)

No encerramento da intervenção Psicossocial, foi servido um delicioso lanche e  distribuído  brindes alusivos à temática do Setembro Amarelo.

Durante a realização do evento, foram cumpridos os protocolos sanitários  como o uso de álcool em gel, uso de máscara, e reforçada a recomendação sobre a importância de manter os cuidados preventivos ao coronavírus, e os cuidado com a higiene em geral

As ações com o tema “prevenção ao suicídio e valorização da vida” seguem durante o mês de setembro  com a realização de oficinas terapêuticas com os usuários de forma reflexiva, lúdica e esclarecedora. Sexta (17),  foi promovido um passeio terapêutico com os usuários e toda equipe ao Balneário O Lebrão, onde todos puderam desfrutar de  momentos de lazer e socialização, com a realização de torneio de futebol e dança.

“Essas ações preventivas  são importantes e fundamentais. Há informações de órgãos de saúde que houve um aumento significativo de tentativas e suicídios cometidos durante o período da pandemia do novo coronavírus (Covid -19), e o crescimento e agravamento de transtornos mentais e      estresse, gerados pela pandemia” destacou a coordenadora do CAPS Mari, Letícia Moura.

                          

Com informações de Letícia Moura

Assessoria de Comunicação – Secretaria Municipal de Saúde de Mari

 

Categorias: Cidades,Destaque,Mari,Paraíba