A estrada que devemos trilhar; Leia a coluna do professor Josa – Portal O Farol

A estrada que devemos trilhar; Leia a coluna do professor Josa

Josa
Prof. Josa

Não devemos andar na estrada que não é nossa. Não adianta percorrer uma estrada que vai te levar ao destino errado, ao destino do outro. Deus quer que andemos numa estrada nossa, quer que trilhemos os nossos caminhos, os caminhos que ele tem para nós. O que mIA vemos em nosso cotidiano são pessoas trilhando caminhos que não são seus, que elas não escolheram, que não estão em seus planos, nem muito menos nos planos do Grande Arquiteto do Universo. Trilhamos os caminhos da vida em busca constante da felicidade. Mas na verdade nós não sabemos o que é essa tal de felicidade. Logo, vivemos em busca do desconhecido, e é aí que começa a brincadeira.
Achamos que sabemos tudo, mas no fundo não sabemos nada. Essa é a pura verdade. Somos caminhantes de uma vida, que nasce morrendo e que morre nascendo. Toda vida segue esse ritual. Diz um estudioso que “Quando trilhamos pelos caminhos do mal, podemos até demonstrar força pela truculência arrogante da ignorância, mas seremos sempre frágeis e quebradiços por dentro por não estarmos de mãos dadas com Deus”. Deus será sempre nosso grande centro de existência, sem ele nada podemos ser ou fazer. Há momentos na trilha da vida que não sabemos que destino tomar, que decisão tomar. “A nossa vida é feito uma viajem, onde trilhamos vários caminhos e tomamos várias ruas. Há momentos que nossa vida se encontra numa bifurcação, onde não sabemos que decisão tomar e nem que caminho devemos seguir”, disse Tailini Girardi. Assim é a vida que trilhamos, sempre vamos encontrar uma bifurcação e ai precisamos está bem preparado para tomar a decisão. “Seja seguro no caminho que escolher, não há trilha errada, o erro é a indecisão do caminhar que pode levá-lo a queda”. Na estrada que Deus fez para nós, precisamos seguir em frente, sem medo de trilhar, sem indecisão e com firmeza. “Trilhar um caminho sem dificuldades é como subir uma escada sem degraus”, disse Alexander Araújo. Portanto, a nossa estrada terá sempre as dificuldades que serão normais, que precisamos subir, superá-las. “Não se contente em trilhar um caminho estabelecido. Ao contrário vá para onde não há caminho algum e deixe seu rastro.” (Johnnie Walker). O caminho fácil não é o nosso caminho, se seguirmos nele, estaremos chegando ao lugar que não é o nosso. Às vezes precisamos trilhar o nosso caminho sozinho, principalmente quando nem nós sabemos para onde queremos ir. A única pessoa que pode construir o seu futuro, trilhar os seus caminhos é você mesmo.
AS pegadas que ficam marcadas são suas e de mais ninguém.

 

 

 

Categorias: Colunistas,Destaque,Professor Josa