Pedra na vesícula: o que causa e o que podemos comer para melhorar – Portal O Farol

Pedra na vesícula: o que causa e o que podemos comer para melhorar

Uma das piores dores que se pode sentir é a de quando se tem pedra na vesícula. Lidar com essa doença não é fácil e exige uma ação multidisciplinar. Dessa forma, uma mudança na alimentação e nos hábitos de vida é prioritária. Veja então o que comer para ajudar o seu corpo no processo de cura.

Segundo o Ministério da Saúde, a vesícula biliar é um órgão que tem por objetivo armazenar a bile, “líquido produzido pelo fígado que atua na digestão de gorduras no intestino”. Ela é composta por diversos componentes, incluindo o colesterol. O excesso deste é uma das principais causas da doença, porém não é a única.

Por isso é tão importante cuidar bem da sua alimentação, para evitar certas doenças, que poderiam ser facilmente prevenidas e causam muita dor e complicações. Mas e se o problema já apareceu? Aí o ideal é seguir rigorosamente as recomendações do seu médico e saber o que comer para pedra na vesícula, favorecendo a cura.

O que comer para pedra na vesícula

Veja quais são os melhores alimentos para você colocar na sua dieta. Atenção ao preparo, deixando sempre com pouca gordura e comendo somente o suficiente para a sua alimentação. O ideal é buscar o apoio de um nutricionista de confiança, para ver o que pode ou não adicionar no seu prato.

Fibras
Como você já sabe, as fibras são fundamentais para o funcionamento do seu corpo como um todo. Porém, para quem sofre com cálculos biliares, elas são simplesmente fundamentais. Além de ajudar a regular o trânsito intestinal, que estará sofrendo com a doença, elas ajudam a eliminar o colesterol.

Entre os alimentos mais ricos em fibra, você encontra o grão-de-bico, lentilha e outras leguminosas. Além disso, a aveia, cereais de qualidade, alface e até o arroz integral podem ajudar. Entre as frutas, você pode optar pelo morango, pera, abacate, ameixa, mamão e maçã. Lembre-se de beber bastante água para que as fibras façam efeito.

Opções que reduzam o colesterol
Também é fundamental acrescentar à sua alimentação elementos que possam ajudar a reduzir o colesterol já acumulado no organismo. Lembrando de sempre consultar seu médico ou nutricionista antes de qualquer alteração. Somente ele sabe o que pode ser mais adequado para o seu corpo e hábitos de vida, especificamente, inclusive o que comer para pedra na vesícula.

Entre os mais recomendados, estão a alcachofra, berinjela, couve e outras folhagens. Além disso, frutas como o abacate, abacaxi, tomate, romã, melancia e todas as frutas vermelhas ajudam muito no processo. Alimentos ricos em HDL – o famoso colesterol bom – também são recomendados, como os peixes oleosos (salmão, por exemplo) e as oleaginosas.

Vitamina C
A vitamina C é uma das opções de o que comer para pedra na vesícula porque ajuda a evitar a formação de novos cálculos biliares, equilibrando a relação entre o colesterol e a bile. Além disso, é um poderoso anti-inflamatório, ajudando a tratar os problemas relacionados à doença. A suplementação pode ser feita com alimentos, principalmente frutas cítricas, ou em comprimidos, se indicado pelo seu médico.

Entre os alimentos com maior quantidade de vitamina C estão o pimentão, que contém 127 mg dessa vitamina, a cada 100g, acerola, com 941 mg ou a graviola, com 219 mg. Além desses, você pode optar pela mexerica (112 mg), goiaba branca (99,2 mg), laranja (56,9mg) e mamão papaia (82 mg).

Cafeína
Queria mais um motivo para tomar aquele cafezinho, com moderação? Pois aqui está! A cafeína ajuda a reduzir o colesterol na vesícula, colaborando com o processo. Além disso, acelera o metabolismo, ajudando na queima da gordura corporal, incluindo o colesterol. Claro que a quantidade diária deve ser calculada com seu médico ou nutricionista.

Entre os alimentos com mais cafeína estão, obviamente, o café. Ele possui diversas versões com quantidades diferentes da substância, sendo interessante ver qual melhor se adequa a você. Porém, existem também outras fontes além dessa, como os nibs de cacau, chocolate amargo ou meio amargo, diversos chás, bebidas energéticas e refrigerantes.

O que causa pedra na vesícula

Saber o que comer tem participação fundamental para evitar ou causar o problema. De acordo com o Ministério da Saúde, essa é uma entre tantas variáveis que podem propiciar o desenvolvimento dos cálculos. Veja quais são:

Poucas fibras: as fibras ajudam a eliminar parte da gordura ingerida e sua ausência faz com que a vesícula tenha que lidar com uma maior quantidade;

Abuso de gorduras e carboidratos: claro que ninguém vai viver de luz, mas é importante seguir um consumo consciente desses alimentos;

Diabetes: pessoas com diabetes também lidam com outras doenças correlatas, sendo a eliminação da gordura um fator complicador;

Obesidade: excesso de gordura e carboidrato podem impulsionar, agora imagine isso em um organismo que está lidando com os mais diversos tipos de estresse;

Hipertensão: pessoas com pressão alta tendem a desenvolver os cálculos na vesícula mais facilmente, dada a má qualidade da circulação sanguínea e distribuição dos nutrientes;

Tabagismo: claro que o cigarro teria que estar na lista do Ministério da Saúde como um dos causadores da pedra na vesícula;

Hormônios desequilibrados: tanto a utilização de anticoncepcionais quanto o aumento natural da quantidade de estrogênio, podem acarretar cálculos;

Hereditariedade: fatores genéticos também influenciam, ou seja, se você tem alguém na família que já teve o problema, são maiores as chances de que desenvolva também.

DICAS ONLINE

Categorias: Brasil,Cidades,Destaque,Entretenimento