Paraíba passa de mil mortes por Covid-19 em menos de 100 dias – Portal O Farol

Paraíba passa de mil mortes por Covid-19 em menos de 100 dias

Menos de 100 dias depois que a primeira morte causada pelo novo coronavírus (Covid-19) foi confirmada na Paraíba, em 30 de março de 2020, o estado passou a marca dos mil mortos pela doença na quarta-feira (1º). Conforme os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), dos 48.175 casos confirmados da doença no estado, 1.002 resultaram em morte dos pacientes. O G1 analisou os dados disponíveis no boletim epidemiológico do estado.

Desde o último balanço feito pelo G1, em 29 de maio, quando a Paraíba passou a marca dos 300 casos, foram registradas 684 novas mortes, ou seja, foram quase 700 mortes apenas no mês de junho.

Danilo Barros, marido de Quézia Leite, chegou a tirar uma última foto com a esposa quando apresentou os primeiros sintomas de Covid-19 — Foto: Arquivo Pessoal/Danilo Barros

Danilo Barros, marido de Quézia Leite, chegou a tirar uma última foto com a esposa quando apresentou os primeiros sintomas de Covid-19 — Foto: Arquivo Pessoal/Danilo Barros

 

Em relação ao início dos sintomas, o caso em que a vítima apresentou os sintomas mais cedo foi o da servidora pública Quézia Leite Batista, de 34 anos, que morreu em João Pessoa no dia 24 de março. Ela não tinha comorbidades e apresentou os primeiros sintomas no dia 13 de março.

confirmação da morte de Quézia saiu após o primeiro teste e a contraprova para a doença terem dado inconclusivos. Quézia trabalhava na maternidade Frei Damião, em João Pessoa.

Ao analisar os óbitos por Covid-19 na Paraíba pela data da morte, é possível perceber que o dia 25 de maio foi o que teve mais mortes registradas. Neste dia, 30 paraibanos morreram vítimas do novo coronavírus. No gráfico das novas mortes por Covid-19 por dia, considerando a data da confirmação do diagnóstico, a terça-feira (30) foi a que apresentou mais mortes, com 46 em um só dia.
Novas mortes por Covid-19 na Paraíba
O gráfico dos óbitos por Covid-19 por faixa etária disponibilizado pela Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba mostra que o índice de mortes vai crescendo de acordo com o aumento da idade.A maior parte das pessoas que morreram por Covid-19 na Paraíba tinha mais de 60 anos, sendo que a faixa etária mais atingida foi a de 80 anos ou mais, com 297 mortes. Até a terça-feira, foram 298 mortes registradas em pessoas até 59 anos e 704 mortes em pessoas com mais de 60 anos.

Até esta quinta-feira, os pacientes mais novos a morrerem por Covid-19 na Paraíba tinham quatro e cinco meses de idade. Foram os casos de uma menina, que morava em Taperoá e apresentou sintomas no dia 28 de março, morrendo no dia 11 de abril, ela tinha quatro meses de idade. E também um bebê de cinco meses, da cidade de Cuitegi, que era cardiopata, apresentou sintomas no dia 25 de abril e faleceu no dia 14 de maio.

Duas pessoas com mais de 100 anos foram as vítimas mais velhas da Covid-19 na Paraíba. Em ambos os casos, as pessoas moravam em João Pessoa e não tinham comorbidades. A primeira vítima foi uma mulher de 107 anos que apresentou sintomas em 13 de maio e morreu cinco dias depois. Já o caso mais velho é o de um homem de 110 anos que apresentou sintomas no dia 17 de maio e morreu 10 dias depois.

João Pessoa, sozinha, concentra 345 das 1.002 mortes na Paraíba. Já Campina Grande é a segunda cidade com maior número de mortes, com 115 registrados até o último boletim.

Categorias: Destaque,Paraíba