Não tem cabimento o que ele fez”, diz pai de bebê decapitada por padrasto – Portal O Farol

Não tem cabimento o que ele fez”, diz pai de bebê decapitada por padrasto

O pai da bebê Maria Clara, de 1 ano e 3 meses, morta pelo padrasto em Pindamonhangaba (SP), cobrou a punição para o suspeito do crime.

O padrasto da garota registrou o desaparecimento da menina na terça-feira (13/10). Ele contou à polícia que estava com a bebê no centro da cidade, quando precisou ir ao banheiro e deixou a menina com um homem que se encontrava em um ponto de ônibus. Ao retornar minutos depois, não encontrou mais Maria Clara.

Somente seis horas depois do suposto sequestro ele decidiu ir à delegacia. A investigação conseguiu imagens de câmeras de segurança que desmentiram a versão contada pelo padrasto e, então, o homem confessou o crime.

“A hora que recebi a notícia, cortou o coração. Não tem cabimento o que ele fez com minha filha. Quero justiça. O que mais quero é justiça e estar com meus filhos 24 horas ao meu lado”, afirmou Steven Roger Galvão, pai da menina.

 

Do Portal Metrópole

Categorias: Cidades,Destaque,Policial