Maçonaria, uma irmandade fraterna  e de homens livres, de bons costumes; Leia opinião do Prof. Josa – Portal O Farol

Maçonaria, uma irmandade fraterna  e de homens livres, de bons costumes; Leia opinião do Prof. Josa

A Maçonaria Universal, a qual definimos em outro texto já publicado, trata-se de uma instituição milenar constituída por homens escolhidos, sábios, de bons costumes e virtuosos. Como em qualquer instituição humana, a Maçonaria não está livre das falhas provocadas por alguns de seus membros. Nem as religiões conseguiram se livrar do pecado humano, que ainda hoje permanece e se espalha em suas hostes, quanto mais uma instituição que não tem cunho religioso, pois a Maçonaria não é uma religião, busca pugnar pela perfeição. O Caminho dos Maçons, pedreiros da paz e construtores de templos a virtude e de masmorras aos vícios, segue trilhando o desbaste da pedra bruta que há em cada um de nós. O ser humano em si, na sua origem já nasce para a busca do aperfeiçoamento, dos bons costumes, da tolerância, da igualdade e do respeito, pensando em construir um mundo melhor para todos. A Maçonaria Universal não é diferente, em suas lojas, oficinas de trabalho, os Maçons pregam o bem da humanidade. A prática da doutrina maçônica, a leitura do livro da lei, da Bíblia e o dialogo fraternal, provam que os pedreiros livres, querem um mundo melhor, de irmandade, de liberdade e onde prevaleçam os bons costumes. A Maçonaria tem por objetivo maior tornar feliz a humanidade, seja da irmandade ou não, dai as ações filantrópicas e de transformações que vem promovendo há mais de seis mil anos de existência. A história prova as ações e transformações as quais a Maçonaria Universal já contribuiu. Muitos dos grandes homens que fizeram a história brasileira e mundial passaram pelos quadros da instituição e provaram o valor fraternal da instituição e o que ela tanto defende. Claro, por ser uma ordem universal heterogênea, nem tudo é perfeito, mas sua doutrina, sim. Para os que estão de fora da Maçonaria, e muitos que ignoram a sabedoria, falam o que não sabem e o que não devem, até alguns membros do clero, de algumas Igrejas, por não compreenderam a instituição que só tem ajudado a humanidade. Talvez a incompreensão de muitos com a Maçonaria Universal, venha do desconhecimento e até da prática discreta dos Maçons, que se reúnem em seus templos, a portas fechadas, onde realizam um ritual simbólico, mas nunca voltado para o mal, jamais contra os princípios do bem e da virtude, inclusive partindo da palavra de Deus, pois a Bíblia sempre está presente no centro das lojas maçônicas dando o tom da abertura das sessões. Acreditamos que a Maçonaria Universal, será sempre uma instituição de irmãos escolhidos, de bons costumes, valorosos e livres, buscando a perfeição, apesar da longa jornada do desbaste da pedra bruta.

 

Prof. Josa, Professor, Jornalista e Multimídia. Jornalista responsável pela edição da revista e portal O FAROL. Apresenta o programa semanal Capim em Debate, na rádio Capim FM

Categorias: Cidades,Colunistas,Destaque,Professor Josa

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal O Farol não publicará os comentários dos leitores.
O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.