Em Sobrado/PB, ao invés de apresentar provas concretas contra denúncias, vereadora ataca a imprensa – Portal O Farol

Em Sobrado/PB, ao invés de apresentar provas concretas contra denúncias, vereadora ataca a imprensa

Ao invés de se defender da denuncia feita pelo Blog de Raelson Galdino, a vereadora Carol Melo resolveu atacar O FAROL. Em postagem feita em um dos grupos do WhatsApp da região. Na postagem Carol diz que a matéria não tem fundamentos, mas não apresenta provas contrárias as denuncias feitas e pede para O FAROL ter mais responsabilidade em suas publicações.

Veja: Vereadora de Sobrado/PB é denunciada por ser funcionária fantasma de cidade do litoral norte.

A matéria publicada pelo FAROL tem como base dados e provas concretas. Antes de tentar desqualificar um veículo de comunicação de credibilidade em toda a região, a vereadora deveria se preocupar em apresentar argumentos para desconstituir as denúncias contra a senhora, todas muito bem fundamentadas, inclusive com provas citadas por Raelson Galdino com base no SAGRES do Tribunal de Contas da PB. Esse comportamento de agressividade é típico de quem não tem como se defender de forma legal. A vereadora deveria trazer argumentos pra negar que é servidora efetiva de Sobrado, aprovada em um concurso feito por sua mãe e realizada por uma empresa denunciada por várias fraudes em concurso e aproveitar para dizer publicamente como consegue trabalhar 40 horas por semana na cidade de Mataraca, ir para as sessões na Câmara de Sobrado, que são realizadas pela manhã e ainda ter uma atuação parlamentar. Depois que a nobre vereadora responder a esses questionamentos, aí sim, pode pensar em atacar algum veículo de comunicação.Repetimos, prove o contrário das denúncias, envie uma nota oficial que publicaremos a sua verdade, se que existe, mas não venha tentar desqualificar um veículo de comunicação que tem 12 anos de trabalho prestado a região e a PB, com seriedade, ética e garantindo espaço para o contraditório.

O espaço para a vereadora Carol Melo está garantido, para que ela possa explanar sua defesa, no que se refere a denuncia.

 

Da redação

WhatsApp da redação: 99603-9581

Categorias: Cidades,Destaque