DEMOCRACIA E GOVERNO; Leia a opinião do professor Ailton Elisiário – Portal O Farol

DEMOCRACIA E GOVERNO; Leia a opinião do professor Ailton Elisiário

            Pesquisa Datafolha realizada nos dias 5 e 6 de dezembro passado, em 176 municípios do País, ouvindo 2.948 pessoas apurou que 62% destas responderam que a democracia é sempre melhor que qualquer outra forma de governo. Em levantamento anterior feito em outubro de 2018, tal resposta foi dada por 69% das que foram entrevistadas.

            Nesse grupo 85% tinham nível de escolaridade superior e 81% possuíam renda familiar mensal de mais de 10 salários mínimos. Entre os que tinham nível de escolaridade fundamental e que ganhavam até 2 salários mínimos, esses índices foram respectivamente de 48% e 53%.

            Na mesma pesquisa, a parcela dos entrevistados que respondeu que tanto faz se o governo é uma democracia ou uma ditadura cresceu de 13% para 22%. E permaneceu inalterado o índice de 12% daqueles que disseram ser preferível uma ditadura em certas circunstâncias.

            Indagados se há alguma chance de ocorrer no Brasil nova ditadura, 49% responderam que nenhuma possibilidade existe, contra 42% da pesquisa anterior. Já 46% disseram que pode ocorrer, sendo que 21% destes disseram com muita chance e 25% com alguma chance. Em 2018 eram 31% que diziam haver muita chance e 19% que diziam haver pouca chance de nova ditadura.

            O que significam esses números percentuais? Na primeira questão, houve uma queda de 69% para 62% daqueles que disseram ser a democracia melhor que qualquer outra forma de governo. Isto, a rigor não indica um desapoio à democracia, se não um descompromisso com a ordem social, dedução que se vê comprovada pelo aumento de 13% para 22% dos que são indiferentes se o governo é uma democracia ou uma ditadura. A redução do primeiro foi de 7% e o aumento do segundo foi de 9%.

            O índice, porém, mesmo tendo sofrido uma queda de 7%, é ainda significativo, posto que é um índice alto (62%), composto pelos 85% de nível superior e 48% de nível fundamental, de 81% de renda acima de 10 salários mínimos e 53% de renda até 2 salários mínimos. Por isto que 49% não vislumbram nenhuma possibilidade de ditadura, não obstante 46% vejam alguma possibilidade. No entanto, em 2018 eram 31% que diziam haver muita chance para uma ditadura, tendo esse percentual decrescido em 2019 para 21%.

            A pesquisa ainda fez a avaliação da Presidência da República, cujo resultado reproduziu situação idêntica entre camadas sociais diferentes. Assim, entre os que disseram que a democracia é melhor forma de governo, o índice foi de 61% entre os que avaliaram a presidência como ótimo/bom; de 63% entre os que a avaliaram como regular e de 62% entre os que a avaliaram entre ruim/péssimo.

            Os números, pois, denotam que os brasileiros acreditam na democracia e desacreditam na possibilidade de ditadura e que em todas as camadas da população a Presidência da República se situa bem posicionada.

Categorias: Cidades,Colunistas,Professor Ailton Elisiário